Desabafos, Devaneios e DivagaçõesPalavras garimpadas

Nem sei bem o que anda acontecendo comigo e com as pessoas ao meu redor, de repente parece que tá todo mundo tão desanimado, passando por um monte de problemas… Eu tenho andando tão desanimada… Andei levando umas bordoadas da vida nesses dias e por mais que eu faça um bruta esforço não tô mais conseguindo manter a pose… Bom, mas com certeza é só mais uma fase e espero que passe logo.

Uma grande amiga minha me mandou por e-mail uma poesia do Fernando Pessoa, achei muito bonitinha e resolvi pôr aqui.

“O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p’ra ela,
Mas não lhe sabe falar.
Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de “dizer.
Fala: parece que mente
Cala: parece esquecer
Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pr’a saber que a estão a amar!
Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!
Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar…”

Fernando Pessoa

CotidianoDesabafos, Devaneios e Divagações

O dia-a-dia tá entrando melhor nos eixos… Já tô conseguindo encarar o serviço e a facul com um pouco mais de coragem, mas ainda assim tô cansada… Isso porque ainda é terça-feira!!!! Aaaaaaahhhhhhhh!

Eu queria muito saber uma fórmula mágica pr’gente conseguir se aproximar de algumas pessoas… Tenhos alguns amigos e amigas (talvez ainda estejam mais para colegas) pelos quais tenho o maior carinho, na sincera, mas não tenho muito papo… Não tem nada demais no que eu sinto por esses amigos, a não ser exatamente isso Amizade e um carinho muito, muito grande… Fiquei sabendo meio sem querer que um desses “colegas” tá passando uma fase não muito legal… tá meio enrolado na vida e anda super cabisbaixo… Eu queira tanto poder chegar nele e falar que ele pode contar comigo, que eu tô ali se ele precisar de um ombro, um abraço, uma palavra, uma piada, sei lá, qualquer coisa… Mas simplesmente não consigo… Sei lá, não existe esse tipo de abertura, é como se eu nunca pudesse fazer nada se ele não der o primeiro passo primeiro… O detalhe é que ele nunca iria poder dar o primeiro passo se eu não der a chance dele fazer isso, ou seja, dar o primeiro passo eu! E na minha timidez continuo aqui, só sorrindo, tentando passar uma mensagem sutil de “Se precisar, conte comigo porque eu estou aqui…”

Cotidiano

Como eu tô cansada!!! Essa semana foi meio traumática, nunca pensei que voltar ao serviço depois de míseros 20 dias de férias fosse tão cansativo… Hoje cedo eu tava tão acabada, que eu não conseguia levantar meu corpo da cama. Detalhe: eu sou pikinininha, levinha, levinha… Acabei chegando um pouco atrasada ao serviço, mas nada absurdo, meia horinha que eu já cumpri hoje mesmo ficando até um pouquinho mais tarde… Que bom que o fim-de-semana tá aí, né?

Cotidiano

Enfim retomo a minha velha rotina, parece que finalmente estou voltando a pegar o ritmo do trabalho, ainda que morrendo de sono e preguiça… Mas fazer o quê, isso já é meio básico da minha natureza mesmo… O primeiro dia é que foi trash, eu passei o dia inteiro quase capotando em cima do computador. depois ainda fui pra facul… Imaginem eu lá, assisitindo aula de Redes (um assunto que eu não tenho praticamente nenhum conhecimento mas morro de vontade de aprender alguma coisa), com a cabeça encostada na parede, fazendo um p. esforço pra me manter acordada e conseguir absorver alguma informação… e pior, depois ainda voltar dirigindo pra Indaiatuba… Mas tudo bem, já passou e o jeito agora é esperar as próximas férias….

Ainda tô terminando de montar meu novo template e espero poder colocá-lo on-line nesse fim-de-semana… Espero que dê certo porque esse provisório que eu deixei aí não tá com nada…

Cotidiano

Gente! Essa foi a última semana de férias do serviço e eu tô morrendo de preguiça de voltar à velha rotina… As aulas da facul já começaram, mas foi a primeira semana, é só sossego… Acho que esse semestre vou ter que pegar mais pesado nos estudos, os professores já deram as diretivas para alguns projetos que a gente vai estar desenvolvendo até o final do ano e eu preciso começar a correr atrás do material pra monografia que, se Deus quiser, eu apresento no próximo semestre. Ainda não defini muito bem o meu tema, ms estou tendo algumas idéias. A princípio eu tava pensando em fazer algo relacionado a Informática no Auxílio a Deficientes, ou coisa parecida, que é um assunto que me interessa, cheguei a caçar um material na net, anotei alguma bibliografia, mas nos últimos semestres houveram várias monografias abordando o assunto e eu não queria ser tão repetitiva. Então pensei em fazer alguma coisa relacionada à Informatização do Serviço Público, em especial o Serviço Público Municipal, já que trabalho como programadora no Depto de Informática da Prefeitura de Indaiatuba. Já andei garimpando alguma coisinha na net e a princípio parece que existe um bom material, só faltaria definir a abordagem… Ainda vou conversar com alguns professores, ver se dá pé, ainda não tenho nenhuma certeza… Céus! É tão difícil!!!