Links Interessantes

Links interessantes #86

Sobremesas

Sobremesas

Penteados fáceis e rápidos

Penteados fáceis e rápidos

Meu cabelo é naturalmente liso, cheio e pesado. Se por um lado não consigo manter nenhum penteado nele por muito tempo, também posso deixá-lo solto sem quaisquer problemas, ele não fica de fato despenteado, então, em 99.9% das vezes você vai me encontrar com o cabelo simplesmente solto ou preso em um rabo de cavalo simples. A questão é que gosto de penteados e acessórios, não uso com frequência por preguiça e falta de jeito. Vamos mudar o que não nos deixa satisfeitos, certo? Esta também é uma das metas da minha lista de 101 coisas, andei pesquisando dicas de penteados fáceis, para o dia a dia mesmo, que eu possa fazer sozinha e acabei descobrindo que tanto a procura quanto a oferta são bem abundantes. Nunca é tão simples quanto parece nos vídeos e tutoriais, mas é preciso tentar para aprender, não?

Vídeos Interessantes

Vídeo: Amon Amarth – The Pursuit of Vinkings

Desenho e Pintura

Sketchbook #5

IMG_2614

Floresta Encantada (Johanna Basford) – lápis de cor comum

IMG_2615

Floresta Encantada (Johanna Basford) – lápis de cor comum

Livros

Livro: Colega de Quarto, de Victor Bonini

Colega de Quarto (Victor Bonini)

Tempos atrás fiz uma “limpa” no meu Kindle, arquivei livros já lidos e encarei uma maratona para reduzir o acúmulo de títulos ainda “inéditos”. Tenho essa mania de visitar a área de ofertas de ebooks da Amazon e sair baixando tudo quanto é título em promoção, mesmo que nunca tenha ouvido falar antes, acumular aos montes e depois esquecer o que é que tenho ali.

Foi o que aconteceu com Colega de Quarto. Topei com o livro durante o trabalho de reorganização e sequer consegui me lembrar de tê-lo comprado. Não sei há quanto tempo ele estava ali, mas posso dizer: foi uma grata surpresa. Um suspense policial que flerta ligeiramente com o clima de terror, bem escrito (não serei diplomática, esse aspecto sempre me surpreende em novos autores tão jovens), com personagens interessantes e uma trama bem construída, isenta da enxurrada de apelativos clichés que parece ser tão tentadora a escritores do gênero.

A narrativa em terceira pessoa é contada a partir do ponto de vista do advogado/detetive particular Lyra e gira em torno do caso de Eric Schatz, um jovem carioca de família abastada que se mudou para o São Paulo para cursar a faculdade, e que, morando sozinho, começa perceber indícios de que outra pessoa pode estar frequentando seu apartamento: o súbito aparecimento de objetos desconhecidos, estranhos barulhos, luzes e eletrodomésticos que ligam sozinhos.

O drama é deflagrado quando Eric avista um vulto entrando no apartamento pela porta da frente. Desesperado, questionando sua própria sanidade, o jovem vai procurar a ajuda do detetive particular, mas tudo acontece rápido demais: antes que Lyra possa esclarecer os fatos, sequer acreditar em sua história, Eric acaba morrendo depois de despencar da janela de seu apartamento.

Sim, o livro é bom. Prende a atenção, consegue coordenar as diversas ramificações da investigação sem perder o fio da meada e culmina em um desfecho bastante satisfatório, que pode ou não surpreender, mas que não decepciona.

As personagens são destaque à parte. Simpatizei bastante com Lyra – aposto algumas fichas na ideia de que o detetive acabará se tornando o protagonista de uma série – e, minha preferida neste livro, Miranda Schatz, mãe de Eric, odiosa a princípio, mulher forte, personalidade de muitas camadas – adoro!

Victor Bonini entrou para minha lista dos novos autores nacionais que pretendo acompanhar de perto, sua estreia certamente vale uma recomendação e é um sopro de ar fresco na esperança de que nossos novos escritores tragam material de qualidade em meio a tantos títulos duvidosos no mercado editorial brasileiro atualmente.

Colega de Quarto

Bonini, Victor

Capa: Colega de Quarto

Book Trailer

Artesanato e Trabalhos Manuais

Eu que fiz: caixa de chá com miniaturas

IMG_2608
IMG_2610IMG_2611

pintura e biscuit