Cotidiano

Resumão de Julho

Leituras Concluídas

  • O Pêndulo de Foucault (Umberto Eco) – 1001 livros
  • O Planeta dos Macacos (Pierre Boulle)
  • Quarenta Dias (Maria Valéria Rezende)
  • Os Espiões (Luís Fernando Veríssimo)
  • Uma Curva no Rio (V. S. Naipaul) – 1001 livros | kindle book
  • Boneco de Pano (Daniel Cole) – kindle book
  • A Song of Ice and Fire #4: A Feast for Crows (George R. R. Martin) – kindle book | em inglês
  • A Song of Ice and Fire #5: A Dance with Dragons (George R. R. Martin) – kindle book | em inglês
  • Landline (Rainbow Rowell) – kindle book | em inglês
  • A Ilha das Sete Luas (Marcus Sedgwick)

Minha lista completa de livros e links para as respectivas resenhas aqui. Você também pode acompanhar minhas leituras no Skoob e no Goodreads.

Filmes Assistidos

  • Meu Malvado Favorito 3 (Despicable Me 3, 2017) – cinema
  • Homem-Aranha: De Volta ao Lar (Spider-Man: Homecoming, 2017) – cinema
  • Lion: Uma Jornada para Casa (Lion, 2016)

Minha lista completa de filmes e links para as respectivas resenhas aqui. Você também pode acompanhar minhas atividades no Filmow e no IMDb.

Episódios de Séries Assistidos

Castlevania
S01 01 02 03 04                                                    
Death Note
S01 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
31 32 33 34 35 36 37                                              
The Musketeers
S03 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10                                        
Real Detective
S01 01 02 03 04 05 06 07 08                                            
Sex And The City
S03 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18                        
S04 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18                        
Shadowhunters
S02 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20                    
Star Trek: Deep Space Nine
S01 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20                    
Westworld
S01 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10                                        
ep passado anteriormente ep assistido este mês ep pendente

Minha lista completa de séries em andamento, assistidas, pausadas, concluídas e abandonadas aqui. Você também pode acompanhar minhas atividades no Banco de Séries, no TV Time e, no caso dos animes, também no MyAnimeList.

Projeto 101 Coisas em 1001 Dias

Status em 31/07/2017

  • Itens concluídos: 10
  • Itens em andamento: 27
  • Itens cancelados: 0
  • Itens pendentes: 64

Minha lista completa no Projeto 101 Coisas em 1001 Dias aqui.

#project365

Julho 2017
Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
          1
[182/365] #project365
2
[183/365] #project365
3
[184/365] #project365
4
[185/365] #project365
5
[186/365] #project365
6
[187/365] #project365
7
[188/365] #project365
8
[189/365] #project365
9
[190/365] #project365
10
[191/365] #project365
11
[192/365] #project365
12
[193/365] #project365
13
[194/365] #project365
14
[195/365] #project365
15
[196/365] #project365
16
[197/365] #project365
17
[198/365] #project365
18
[199/365] #project365
19
[200/365] #project365
20
[201/365] #project365
21
[202/365] #project365
22
[203/365] #project365
23
[204/365] #project365
24
[205/365] #project365
25
[206/365] #project365
26
[207/365] #project365
27
[208/365] #project365
28
[209/365] #project365
29
[210/365] #project365
30
[211/365] #project365
31
[212/365] #project365
           
Vídeos Interessantes

Vídeo: Avenged Sevenfold – The Stage

Cores

Cores: Paletas inspiradas em fotos de chuva

Chuva #3

Foto: (cc) *suika* @ Flickr

Séries

Série: American Gods – Season 1

American Gods

American Gods é uma série televisiva baseada no livro homônimo de Neil Gaiman que conta a história de Shadow Moon (Ricky Whittle), um homem prestes a terminar de cumprir sua sentença na prisão que acaba sendo liberado com alguns dias de antecedência porque sua esposa Laura (Emily Browning) morre em um acidente de carro.

Ainda no caminho para casa Shadow conhece um homem misterioso que se apresenta como Wednesday (Ian McShane) e lhe oferece um emprego como guarda-costas. Sem opções depois que descobre que seu melhor amigo Robbie (Dane Cook), que havia lhe prometido trabalho, também morreu no mesmo acidente que sua mulher, Shadow acaba aceitando a proposta e como consequência vê sua vida ser arremessada no meio do turbilhão de uma guerra entre grupos de deuses disputando a adoração da humanidade.

Aqueles que não leram o livro (sim, eu li) fatalmente se sentem perdidos, a história é caudalosa, vem aos borbotões, freneticamente, eclipsando fragmentos de informações aqui e ali. Mas se você pertence a este grupo e se um pitaco meu vale de alguma coisa, eu te digo: dê uma chance. A série não foi concebida para ilustrar o livro para os fãs, mas estruturada de modo que o telespectador realmente acompanhe Shadow em sua jornada que também fica perdido e não sabe nada do que está acontecendo, nós fazemos descobertas junto com ele.

Neil Gaiman também assina a produção executiva e, pelo que ouvi falar, segura a coisa toda com mãos de ferro. O texto foi atualizado (o livro foi publicado em 2000 ou 2001, se não me engano), novos deuses foram acrescentados, mas em nenhum momento a essência – justamente aquela que separa os que viram fãs e os que não conseguem gostar de nenhuma maneira – foi alterada. É Gaiman, gente.

A cinematografia está impecável, trabalha contraste e saturação para criar o clima certo, com closes e enquadramentos geniais, cenários perfeitos nos detalhes, na composição e nas cores. E algumas das sequências isoladas que mostram um pouco das histórias de alguns deuses são arrebatadoras – aquela de Anansi no navio, minha gente!

Não é uma série para agradar a todos, é para sair um pouco da zona de conforto das séries mais populares, causar estranheza, até chacoalhar convicções. A série também força a mão nas cenas de sexo e violência, se este é um ponto que te incomoda, não é para você. Do contrário, creia-me, vale a pena.

American Gods

(EUA, Starz! / Amazon Prime, Temporada 1 – 2017, em exibição)

Cartaz: American Gods

  • Episódios: Temporada 1 – 8 episódios (50-60 min./ep.)
  • Criação: Bryan Fuller, Michael Green
  • Produção Executiva: Bryan Fuller, Michael Green, Neil Gaiman, Craig Cegielski, Stefanie Berk, Thom Beers
  • Roteiro: baseado no livro homônimo de Neil Gaiman
  • Gênero: Drama, Fantasia
  • Elenco Principal: Ricky Whittle, Ian McShane, Emily Browning, Pablo Schreiber, Yetide Badaki, Bruce Langley, Crispin Glover, Gillian Anderson
  • Avaliação: ★★★★☆

Trailer

(Dados coletados em Julho/2017)

Livros

Livro: Um Mais Um, de Jojo Moyes

Um Mais Um (Jojo Moyes)

Quando ficou grávida Jess Thomas largou a escola para se casar com Marty. Oito anos depois Marty saiu de casa e nunca mais voltou.

Lutando em dois empregos para sustentar a filha Tanzie e o enteado Nicky, que ela cria como se fosse seu próprio filho, Jess precisa encontrar maneiras de driblar as inúmeras dificuldades de uma vida em condições financeiras extremamente limitadas. Quando Tanzie, um verdadeiro prodígio da matemática, ganha uma generosa bolsa de estudos em uma tradicional escola particular, Jess não tem como pagar a diferença e sua única esperança é que a menina vença uma Olimpíada de Matemática que será disputada na Escócia. O problema é que eles não tem condições de chegar lá.

Enquanto isso, um dos clientes de faxina de Jess, Ed Nicholls, milionário gênio da computação, está se refugiando em sua casa de veraneio por causa de acusações de compartilhamento ilegal de informações sigilosas em sua empresa. A antipatia e o atrito entre os dois são imediatos, mas quando Ed se sente na obrigação de retribuir o gesto depois que Jess se sacrifica para deixá-lo em segurança em casa depois de uma bebedeira, ele acaba se oferecendo para levar Jess, Tanzie, Nicky e o fedorento cão da família em seu carro até a cidade onde acontecerá a competição.

De todos os livros da Jojo Moyes que já li até hoje [1] achei este um do mais fracos, acho que só perde para Sheltering Rain (Em Busca de Abrigo, pela Editora Intrínseca no Brasil), que para mim ocupa a posição do piorzinho da escritora.

Não é que o livro seja ruim, só que não tem nada demais. Uma história mediana que bem poderia ser o roteiro de um filme “tapa-buraco” de programação, que tenta dar lições sobre o que realmente importa na vida, sobre confiança em si mesmo e nos outros, sobre a força de vontade para continuar tentando mesmo que nada pareça dar certo em nenhum momento, mas que… bem, não conseguiu me emocionar em nenhum momento.

Uma das coisas que mais gosto nos livros de Jojo Moyes é que a despeito de uma boa dose de dramalhão seus personagens geralmente conseguem me cativar, são sempre muito humanos e muito intensos. O ponto é que isso não acontece em Um Mais Um. Todos eles – Jess, Ed, Tanzie e Nicky – estão ali, no limite entre o sem graça e o cliché, suas personalidades são pouco desenvolvidas em camadas pobres. Não antipatizei, mas também não tive vontade de abraçar, sabe?

É uma história que dá para ser lida numa boa, que não me arrebatou – como era minha expectativa – mas também não chegou a me irritar – como acontece, às vezes, quando a história é muito ordinária. Para aqueles dias em que a gente quer ler mas não quer pensar muito, para aqueles domingos chuvosos que combinam com histórias para deixar o coração morninho.

Um Mais Um

Moyes, Jojo

Capa: Um Mais Um

  • Editora: Instrínseca
  • Categorias: Literatura Estrangeira, Romance
  • Título Original em inglês: The One Plus One
  • Site do autor: http://www.jojomoyes.com
  • Avaliação: ★★★☆☆

Book Trailer

1. Lidos até o momento: Como Eu Era Antes de Você, Depois de Você, A Garota que Você Deixou para Trás, Sheltering Rain (Em Busca de Abrigo, no Brasil), A Última Carta de Amor e Um Mais Um.