Arquivos

Categoria: Palavras garimpadas

Palavras Garimpadas

Às vezes eu olho pra fora e penso que um monte de outras pessoas viu essa neve antes. Assim como eu penso que um monte de outras pessoas leu aqueles livros antes. E ouviram aquelas canções. Eu me pergunto como elas estão se sentindo esta noite. As Vantagens de Ser Invisível – Stephen Chbosky

04/02/2016 | Palavras garimpadas | Comentários (0)

***

Palavras Garimpadas

E, por mais paralisantes e perturbadores que fossem os “nunca mais”, o ato de sair pela última vez do colégio foi perfeito. Puro. A forma mais destilada possível de libertação. Tudo o que mais importava, exceto por uma foto ruim, estava na lata de lixo, mas a sensação era fantástica. Comecei a correr, querendo me […]

06/01/2016 | Palavras garimpadas | Comentários (0)

***

Palavras Garimpadas

O mundo são as circunstâncias em volta da vida da gente. Não são as coisas, fatos e fenômenos que ocorrem no planeta: o mundo da gente não é o planeta Terra; este a gente vê no cinema e na televisão, sabe pelos jornais, mas não é o mundo dela. Diz-se do ser humano que é […]

08/03/2015 | Palavras garimpadas | Comentários (0)

***

Palavras Garimpadas

Aos poucos descobriu que as histórias eram parecidas, que havia um trajeto comum a ser seguido, e que esse previa imergir, mergulhar de cabeça até tocar o fundo, e, só depois de voltar à tona, respirar. A Solidão dos Números Primos – Paolo Giordano

17/02/2015 | Palavras garimpadas | Comentários (0)

***

Palavras Garimpadas

Para poder agir, com efeito, é preciso previamente atingir uma perfeita tranquilidade e não mais conservar nenhuma dúvida. Mas como alcançar essa tranquilidade de espírito? Onde poderia eu encontrar princípios fundamentais sobre os quais possa construir? Onde está minha base? Onde iria procurá-la? Memórias do Subsolo – Fiódor Dostoiévski

13/01/2015 | Palavras garimpadas | Comentários (0)

***