Arquivos

Categoria: Palavras garimpadas

Palavras Garimpadas

A loucura humana é frequentemente a coisa mais astuta e felina que existe. Quando se pensa que desapareceu, pode muito bem ser que não tenha feito mais do que disfarçar-se num outra forma ainda mais sutil. Moby Dick – Herman Melville

01/09/2017 | Palavras garimpadas | Comentários (0)

***

Palavras Garimpadas

Kino ouviu a leve batida das ondas da manhã na praia. Como era bom… Tornou a fechar os olhos para escutar a música dentro dele. Talvez só ele fizesse isso, talvez todos os homens da sua raça também o fizessem. Em outros tempos, todos costumavam fazer cantigas, de modo que tudo o que viam, pensavam, […]

01/08/2017 | Palavras garimpadas | Comentários (0)

***

Palavras Garimpadas

Se há algo como um casamento acontece bem antes da cerimônia: num carro a caminho do aeroporto, ou quando um quarto cinza se preenche com a manhã, um amante observa o outro – ou estranhos parados juntos na chuva sem um ônibus à vista, com os braços carregados de sacolas de compras. Você não sabe […]

02/07/2017 | Palavras garimpadas | Comentários (0)

***

Palavras Garimpadas

Meu choro é porque sinto pena de mim. É porque sinto orgulho de mim. Eu choro enquanto penso que, mesmo não sabendo para onde ir, tenho cada passo programado. Eu choro, de quando em vez, porque me comovo e porque não sinto nada. Porque não há nada a fazer. Porque todas as atitudes precisam ser […]

01/06/2017 | Palavras garimpadas | Comentários (1)

***

Palavras Garimpadas

(…) essa é a natureza do ressentimento, a objeção que não podemos exprimir. É o silêncio, mais que a queixa, o que torna a emoção tão tóxica, como os venenos que o organismo não expele com a urina. Precisamos falar sobre o Kevin – Lionel Shriver

01/05/2017 | Palavras garimpadas | Comentários (0)

***