Categoria: Palavras garimpadas

Palavras Garimpadas #14

A maioria de nós, mesmo que não percebamos, nos definimos por oposição a algo ou a alguém, muito mais do que a favor de algo ou alguém. É mais fácil reagir que agir, por assim dizer. O Jogo do Anjo – Carlos Ruiz Zafón

Palavras Garimpadas #13

Os braços foram-me tirados, cantava. Fui punida por abraçar. Abracei. Prendi todos os que amei. Prendi nos momentos mais belos da minha vida. Fechei nas mãos a plenitude de cada hora. Os braços apertados no desejo de abraçar. Quis abraçar a luz, o vento, o sol, a noite, o mundo inteiro e quis retê-los. Quis […]

Palavras Garimpadas #12

Se você um dia puder escrever “Eu a perdoo” debaixo do meu nome, mesmo que seja muito tempo depois de meu coração partido virar pó… por favor escreva. Grandes Esperanças – Charles Dickens

Palavras Garimpadas #11

Cada vez que ouvia o clique do disparo seguido daquele ligeiro chiado, lembrava-se de que, quando pequena, caçava gafanhotos no jardim da casa da montanha, prendendo-os entre as mãos fechadas em copa. Pensava que, com as fotos, era a mesma coisa, que agora ela capturava o tempo e o prendia no celuloide, colhendo-o em meio […]

Palavras Garimpadas #10

Então, acho que somos quem somos por várias razões. E talvez nunca conheçamos a maior parte delas. Mas mesmo que não tenhamos o poder de escolher quem vamos ser, ainda podemos escolher aonde iremos a partir daqui. Ainda podemos fazer coisas. E podemos tentar ficar bem com elas. As Vantagens de Ser Invisível – Stephen […]