Livros

Livro: O Noivo da Minha Melhor Amiga, de Emily Giffin

O Noivo da Minha Melhor Amiga conta a história de Rachel, uma jovem advogada que vive na região de Manhattan. Na noite de seu aniversário de 30 anos, Rachel começa a ficar deprimida por ainda estar solteira e sem filhos, muito longe do que havia imaginado para si mesma nessa fase da vida, acaba bebendo demais e termina indo para cama com Dex, seu amigo de faculdade, cujo casamento com Darcy, sua melhor amiga desde a infância, está marcado para dali a poucas semanas.

A sinopse é a mesma do filme, sobre o qual publiquei um post no mês passado e, no geral, as histórias seguem os mesmos fatos.

Este foi apenas o segundo livro de Emily Giffin que li (o primeiro foi Questões do Coração, lááá em 2014) e posso dizer que tenho gostado da autora. O Noivo da Minha Melhor Amiga é um romance de dramas sentimentais que trata de histórias de amor mas foca principalmente na questão da amizade, com um estilo de escrita que consegue se manter leve e ser envolvente ao mesmo tempo, os pés bem plantados na realidade e uma carga dramática bem dosada.

Admito que esse tipo de livro não está exatamente no topo das minhas preferência quando vou procurar uma nova leitura, a princípio foi mesmo a curiosidade despertada depois de assistir ao filme. O veredito final, entretanto, foi bastante favorável e pretendo ler outros da autora em breve.

Livro x Filme

Atenção! Este trecho do post pode ter comentários que remetem a spoilers.

Um dos problemas de se assistir à adaptação antes de ler o livro é que fatalmente as imagens dos atores ficam na minha cabeça. Fisicamente as personagens dos livros são bem diferentes dos atores – Darcy, por exemplo, não é loira como Kate Hudson no filme – e às vezes o “conflito” causa alguma estranheza – especialmente quando esse fator é relevante para alguns acontecimentos – mas estes foram os únicos momentos em que tive que forçar um pouco a concentração na leitura.

Nenhuma surpresa aqui: gostei mais da experiência do livro. A história escrita não traz as cenas mais engraçadas do filme, mas é mais gostosa de acompanhar e me fez sentir mais próxima das personagens, compreender melhor seus dramas, motivações e as consequências de fatos passados desde a infância. Eu não mudaria, entretanto, nenhuma das alterações/adaptações adotadas no filme. A meu ver o que foi alterado para o longa fez com que a coisa toda funcionasse melhor na tela.

Minha simpatia pendeu mais para o livro ou para o filme dependendo da personagem. Dex, por exemplo, é um bobão sem atitude em ambos os casos, não consigo realmente simpatizar com tanta covardia, mas no filme os porquês ficam mais evidentes e acaba caracterizando melhor a situação enquanto no livro o noivo em questão fica relegado a um papel mais secundário uma vez que a história é narrada em primeira pessoa por Rachel. Ethan, que não tem muito destaque neste livro, é um caso a parte: a princípio achei sua personagem no livro apagada demais e gostei mais da versão apresentada no filme, mas logo depois li Presentes da Vida (resenha em breve, prometo) e achei que não podia mesmo ter sido diferente, o Ethan do filme funcionou bem no filme, o do livro ficou reservado para ganhar destaque no segundo livro.

Livro versus filme? Experiências diferentes, nem tão diferentes assim, dá pra entender?

Noiva da Minha Melhor Amiga, A

Giffin, Emily

Capa: O Noivo da Minha Melhor Amiga

  • Série: Darcy & Rachel #1
  • Editora: Nova Fronteira
  • Categorias: Literatura Estrangeira, Romance
  • Título Original em inglês: Something Borrowed
  • Site do autor: http://www.emilygiffin.com
  • Avaliação: ★★★★☆

Deixe um comentário

  • Todos os comentários passarão por moderação antes de aparecer publicamente no blog, dessa maneira espero organizar melhor a interação com os leitores e minimizar o problema de comentários que acabam ficando sem resposta, ok?
  • Sinta-se à vontade para dar a sua opinião, seja para concordar ou para discordar, mas, por favor, baseie-se em argumentos e não em baixaria.
  • Comentários ofensivos, escritos em letras maiúsculas ou em miguxês, com excesso de erros, palavrões ou alheios ao conteúdo do post não serão publicados.
  • Todos os comentários são responsabilidade de seus respectivos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da autora do blog.