Pequenina farpa

Há qualquer coisa de desconfortável no ar, algo que ainda não consegui definir com clareza, que cutuca sem se revelar, como uma pequenina farpa que não sou capaz de enxergar a olho nú.

Questionamentos. Pergunto-me se tomei as melhores decisões, se não me deixei levar por um momento de desespero, se não estou querendo reconstruir uma ilusão perdida a partir de estilhaços pisoteados.

Insegura. O peso de muitos medos, a procura pela confiança perdida.

Busco uma pessoa que já não existe mais?

Avantasia - Runaway Train

Anúncios

Comentários (2)

Deixe um comentário

  • Sinta-se à vontade para dar a sua opinião, seja para concordar ou para discordar, mas, por favor, baseie-se em argumentos e não em baixaria.
  • Comentários ofensivos, escritos em letras maiúsculas ou em miguxês, com excesso de erros, palavrões ou alheios ao conteúdo do post não serão publicados.
  • Todos os comentários são responsabilidade de seus respectivos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da autora do blog.