Filme: O Túmulo dos Vagalumes

, , ,

Cartaz: O Túmulo dos Vagalumes Em O Túmulo dos Vagalumes Seita, um adolescente de 12 anos, e Setsuko, de apenas 4 anos, são dois irmãos que vivem no Japão durante a Segunda Guerra Mundial. Sua mãe morre depois de ser atingida durante um ataque aéreo que destruiu a cidade onde moravam. Seu pai, membro da marinha japonesa, está desaparecido e há muito não se tem notícias dele. Sem ter para onde ir eles se vêem obrigados a procurar ajuda em casa de parentes, mas não demoram a constatar que a tia os considera um fardo indesejado. Quando as constantes brigas tornam-se insuportáveis, os dois irmãos decidem se mudar, sozinhos, para um antigo abrigo abandonado e fazem dele o seu lar. Os tempos de guerra, no entanto, são extremamente cruéis, em especial para aqueles que não dispõem de muitos recursos e logo a fome passa a ser seu inimigo mais próximo.

A história é baseada em um romance de inspiração autobiográfica de Akiyuki Nosaka e não difere de muitas que já vimos por aí tantas e tantas vezes, tragédias de guerra com as quais jamais deveríamos nos acostumar. Espantoso que uma história que não traz uma essência inédita ainda consiga comover tanto. Espantoso que uma história possa ser tão trágica e ao mesmo tempo tão linda.

Cena do filme

Cena do filme

Mantendo as questões políticas da guerra como um pano de fundo e o foco quase exclusivo no drama dos irmãos, o longa intercala momentos de leveza e desgraça, alternando a dor com cenas de uma beleza poética que dão ainda mais vulto ao desespero e ao sofrimento que os conflitos armados trazem aos inocentes. Impossível não se apaixonar pela pequena Setsuko ou não se compadecer dos esforços, tão incompatíveis à sua idade, que Seita é obrigado a empreender quando tudo o que mais desejaria era não ter uma responsabilidade tão grande pesando sobre os ombros.

Impossível segurar as lágrimas e, sim, é preciso um pouco de coragem para encarar. Não obstante a experiência é absolutamente recompensadora, uma obra de força e sensibilidade ímpares, perfeita no ritmo e na mensagem. Recomendadíssimo.

Túmulo dos Vagalumes, O [recomendado]

Hotaru no Haka (Japão, 1988, 93 min.)

  • Direção: Isao Takahata
  • Roteiro: Akiyuki Nosaka, Isao Takahata
  • Gênero: Animação, Drama, Guerra
  • Elenco Principal (vozes): Tsutomu Tatsumi, Ayano Shiraishi, Yoshiko Shinohara, Akemi Yamaguchi
  • Avaliação: ★★★★★

Trailer

Anúncios

Comentários (4)

  • Aiai esse filme… :3
    Veja também Meu Amigo Totoro / My Neighboor Tototo / Tonari no Totoro, que passou junto desse filme nos cinemas.
    São filmes, hmmm, completamente diferentes :p E muito bons, os dois

    06/02/2012 - 19:57

    Responder

    • Oi Cindy!

      Obrigada pela dica, também já assisti Totoro e não apenas uma vez! rs
      A primeira foi há muitos anos, eu ainda era criança. Meu pai morava no Japão e mandou pra mim, acho que na época ainda nem tinha chegado ao Brasil. =)

      29/02/2012 - 15:00

      Responder

      Luma Kimura

  • Erica Ishikawa

    E em comemoração a esse filme, fizeram um filme homônimo, que vale a pena assistir. Eu chorei de passar mal com ele. Beijos Luma.

    08/02/2012 - 18:57

    Responder

    • Oi Erica!

      Ouvi falar do filme também, mas ainda não me animei a assistir… não sei se aguento chorar tudo de novo! rs

      29/02/2012 - 15:01

      Responder

      Luma Kimura

Deixe um comentário

  • Sinta-se à vontade para dar a sua opinião, seja para concordar ou para discordar, mas, por favor, baseie-se em argumentos e não em baixaria.
  • Comentários ofensivos, escritos em letras maiúsculas ou em miguxês, com excesso de erros, palavrões ou alheios ao conteúdo do post não serão publicados.
  • Todos os comentários são responsabilidade de seus respectivos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da autora do blog.