Livro: Uma Princesa de Marte, de Edgar Rice Burroughs

, , ,

Capa: Uma Princesa de Marte, de Edgar Rice Burroughs Uma Princesa de Marte, de Edgar Rice Burroughs (escritor mundialmente conhecido como o criador de Tarzan), foi publicado pela primeira vez em 1917 mas só ganhou uma edição brasileira – pela Editora Aleph – no ano passado. O livro é baseado na série de contos “Under the Moon of Mars” de 1912 e é o primeiro de uma série de ficção científica de 11 volumes que conta as aventuras de John Carter.

A história começa no Arizona quando John Carter, um veterano da Guerra Civil Americana, é cercado por um grupo de índios e durante a tentativa de fuga é misteriosamente transportado para Marte, ou Barsoom, como é chamado por seus habitantes. Carter logo é capturado por uma tribo local, os Tharks, marcianos verdes, de quatro braços e aparência monstruosa, que levam uma vida nômade e guerreira, mas, graças às habilidades incomuns de força e agilidade adquiridas por causa da diferença gravitacional do planeta, ele consegue uma posição de respeito, chegando a fazer amizade com alguns de seus líderes.

Durante um de seus assaltos os Tharks conseguem capturar Dejah Thoris, a Princesa de Helium – uma nação rival de marcianos humanóides vermelhos – por quem Carter se apaixona e por quem passa a lutar, incessantemente, entre jogos políticos e manobras de poder, em um planeta que agoniza pela falta de água e de ar, cercado por criaturas gigantescas sempre envolvidas em guerras e disputas internas.

É um livro para quem gosta de muita ação e aventura, ficção científica com pinceladas de western, repleto de cenas grandiosas e e exageros fantasiosos, praticamente um roteiro cinematográfico pronto! A leitura é bastante fácil, os muitos neologismos criados para este novo mundo só causam estranheza nas primeiras menções e são facilmente absorvidos.

Sim, eu gostei da leitura. Li alguns comentários sobre como a ficção científica de Burroughs inspirou trabalhos de escritores que admiro bastante, tais como Ray Bradbury e Arthur C. Clarke, e não duvido desse poder de influência, mas não posso dizer que tenha ficado realmente impressionada com o livro em si. Valeu como um bom entretenimento. Talvez este não seja bem o estilo que mais me cativa, acho que um clima mais sombrio, utopias e distopias, análises de causas e consequências, são características mais fortes em outras obras do gênero cuja leitura foram mais marcantes para mim e fazem mais o meu tipo. ;)

Este post faz parte do Desafio Literário 2011 cuja tarefa para o mês de abril é a leitura de livros de ficção científica.

Princesa de Marte, Uma

Burroughs, Edgar Rice

  • Editora: Aleph
  • Categorias: Literatura Estrangeira, Ficção Científica
  • Título Original em inglês: A Princess of Mars
  • Avaliação: ★★½☆☆

Anúncios

Comentários (2)

  • Gosto de vir aqui porque, além da resenha bem feita, há sempre alguma dica de leitura fora do costumeiro. Gostei do lance do Western…=D

    Bjs

    29/04/2011 - 16:51

    Responder

    • Oi Vivi,

      Um dia você precisa me contar o segredo, como é que consegue se manter em dia com a visita de tantas resenhas, hein? ;)

      Muito obrigada pelo carinho de sempre, querida!

      Beijos!

      30/04/2011 - 11:53

      Responder

      Luma Kimura

Deixe um comentário

  • Sinta-se à vontade para dar a sua opinião, seja para concordar ou para discordar, mas, por favor, baseie-se em argumentos e não em baixaria.
  • Comentários ofensivos, escritos em letras maiúsculas ou em miguxês, com excesso de erros, palavrões ou alheios ao conteúdo do post não serão publicados.
  • Todos os comentários são responsabilidade de seus respectivos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da autora do blog.