Livro: The Dark Mirror (O Espelho Negro), de Juliet Marillier

, , , , ,

Capa: The Dark Mirror, de Juliet Marillier The Dark Mirror (lançado em Portugal com o título de O Espelho Negro) é o primeiro livro da série The Bridei Chronicles, escrita por Juliet Marillier. O livro traz uma mistura de fatos históricos e fantasia, passada em meados do século VI, período em que os Pictos enfrentavam conflitos territoriais, políticos e religiosos na região norte da Grã-Bretanha e conta a história do jovem Bridei desde sua infância até a maturidade.

Considerado o candidato perfeito ao futuro reinado de Fortriu, Bridei é enviado, quando ainda muito jovem, para a casa do poderoso druida Broichan, onde poderia aprender tudo o que fosse necessário para a formação de um grande líder, ser ensinado nos rituais da antiga fé, nas artes da política e da guerra.

Desde cedo o pequeno aprende a conviver com o medo e a solidão, mas certa noite, no solstício de Inverno, acaba por encontrar um bebê deixado à porta da casa. Agradecido pela dádiva de uma companhia concedida pelos deuses, ele o recolhe e promete protegê-lo por toda a vida.

A chegada do bebê, uma menina que passa a ser chamada Tuala, vem atrapalhar os planos de Broichan: ela é uma filha dos Good Folk – seres considerados mágicos que vivem segundo suas próprias regras e agem conforme os seus interesses e necessidades, que nem sempre coincidem com os interesses dos homens – mas entre Bridei e a pequena Tuala logo cresce um forte sentimento…

Sem dúvida um romance bastante intenso sobre a obrigação e o desejo, as escolhas e o destino, lealdade, amor e amizade. É também um relato muito interessante, embora bastante fantasioso, sobre este povo – os Pictos – que ainda hoje é considerado um grande enigma.

Mais uma vez me encantei com a habilidade que Juliet Marillier tem de criar ambientes e cenários envolventes, personagens peculiares e ao mesmo tempo tão cativantes (embora meus preferidos não sejam os personagens principais, Bridei e Tuala :P ). A leitura de O Espelho Negro não foi tão arrebatadora para mim quanto A Filha da Floresta (da Trilogia Sevenwaters) ou Cybele’s Secret (O Segredo de Cybele, da série Wildwood) – dois dos meus preferidos da autora, achei-o um pouco mais cansativo, com trechos estendidos demais, algum exagero e muita pieguice, mas ainda assim bastante envolvente.

Para quem gosta de uma boa fantasia história, em especial para os que se interessam pela cultura céltica, pré-céltica e relacionados, esta é uma boa pedida. Da minha parte, a leitura dos outros livros da série já está em andamento. ;)

Este post também faz parte do Desafio Literário 2011 cuja tarefa para o mês de março é a leitura de romances épicos.

Dark Mirror, The

Marillier, Juliet

  • Série: The Bridei Chronicles #1
  • Editora: Pan Macmillan, versão Kindle
  • Categorias: Literatura Estrangeira,
  • Título na edição portuguesa: O Espelho Negro (Bertrand Editora)
  • Site do autor: http://www.julietmarillier.com/
  • Avaliação: ★★★☆☆

Anúncios

Comentários (1)

  • Juliet Marillier, sempre tão bem apreciada…deve ser um relato intrigante. Sucessos na leitura dos demais livros da série. Que sejam tão bons quanto o mencionado no post.

    Beijos

    31/03/2011 - 12:08

    Responder

Deixe um comentário

  • Sinta-se à vontade para dar a sua opinião, seja para concordar ou para discordar, mas, por favor, baseie-se em argumentos e não em baixaria.
  • Comentários ofensivos, escritos em letras maiúsculas ou em miguxês, com excesso de erros, palavrões ou alheios ao conteúdo do post não serão publicados.
  • Todos os comentários são responsabilidade de seus respectivos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da autora do blog.