Filme: Arquivo X – Eu Quero Acreditar

, , , , ,

Arquivo X: Eu quero acreditar - Pôster

Uma agente do FBI desaparece em circunstâncias misteriosas e as únicas pistas sobre o caso vêm de um ex-padre, acusado de pedofilia, que alega ter visões relacionadas ao acontecido. Dakota Whitney (Amanda Peet), agente responsável pelas investigações, resolve pedir a ajuda dos antigos agentes da, agora extinta, divisão do Arquivo X para resolver o caso. Desligados do FBI, Fox Mulder (David Duchovny) agora vive foragido em um dia-a-dia de reclusão e Dana Scully (Gillian Anderson) trabalha como médica em um hospital católico. Mesmo relutantes, eles decidem cooperar, mas precisam lidar com antigas perturbações antes de conseguir decidir no quê e em quem devem acreditar.

De acordo com os próprios produtores, Arquivo X: Eu quero acreditar é um filme que nasceu com a pretensão de agradar um público amplo: os antigos fãs da série e os "leigos", mas a impressão que tive foi que ele simplesmente ficou no meio do caminho em ambos os casos.

Não, o filme não é ruim, não é isso que estou dizendo. Para os que já conhecem a chamada “mitologia Arquivo X” e foram assistir o filme esperando matar as saudades da série encerrada há mais de 6 anos, ele vem recheado de referências e pitadas de muitos daqueles ingredientes que caracterizaram a produção: a mesma música tema (AMO!), muitas cenas noturnas, o mesmo estilo de iluminação, questionamentos quanto à paranormalidade, experiências biológicas bizarras, o embate entre o ceticismo e a credulidade, a tensão romântica entre os protagonistas e seus conflitos internos, mas, ao contrário do primeiro longa da franquia – Arquivo X: O Filme – estas referências são apresentadas de forma mais aberta, menos amarrada aos fatos da série, de modo que aqueles que não estão familiarizados com os personagens e suas histórias podem se situar sem grandes dificuldades e encontram um bom – mas não surpreendente – suspense.

A questão é: é possível desvincular o longa da série depois de 9 temporadas e tudo o que ela gerou em torno de si mesma durante esse tempo?

Avaliando o filme como um todo, minha pouca empolgação tem um único motivo: eu esperava mais. Esperava uma trama mais instigante, mais carregada de mistérios e dúvidas, atitudes mais ousadas, revelações surpreendentes, qualquer coisa mais impactante. No final das contas, Arquivo X 2 apresentou um roteiro morno, que não pode ser classificado como ruim, mas que perdeu a oportunidade de ser muito bom.

Arquivo X: Eu quero acreditar

The X-Files: I want to believe (2008)

  • Direção: Chris Carter
  • Origem: EUA
  • Gênero: Ficção Científica / Suspense
  • Elenco Principal: David Duchovny, Gillian Anderson, Amanda Peet, Billy Connolly, Xzibit, Adam Godley, Marco Niccoli, Carrie Ruscheinsky, Spencer Maybee, Xantha Radley, Callum Keith Rennie
  • Avaliação: ★★☆☆☆

Trailer

Anúncios

Comentários (9)

  • Estava aqui tentando lembrar se arquivo X seria a primeira série que criou um boom de seguidores e toda uma mitologia por trás. Vi poucas vezes o seriado e não me empolguei muito com os filmes.
    Na verdade acho até que os agentes perdem muito do seu brilho nos filmes, principalmente Scully.

    05/02/2009 - 08:25

    Responder

    • Não faço o tipo especialista em séries em geral, então não sei nem opinar sobre a idéia… mas acho que no geral os filmes nunca alcançam o auge de toda a expectativa dos fãs de uma série.

      06/02/2009 - 08:43

      Responder

      Luma Kimura

  • Esse filme acaba e você se pergunta? “Ah, era só isso?”. A sensação que a gente tem é que faltou alguma coisa, pois o filme não instiga, não desafia o espectador.

    05/02/2009 - 08:41

    Responder

    • Pois é, Camila, justamente essa a sensação que tive quando o filme acabou e os créditos começaram a subir…

      06/02/2009 - 08:43

      Responder

      Luma Kimura

  • Dricota

    Por isso acabei nem indo ver, tenho medo de sair do filme triste por não ver algo decente!

    05/02/2009 - 16:28

    Responder

    • Ah, no meu caso a curiosidade ainda falou mais alto, mesmo com o medo de me decepcionar… *rs

      06/02/2009 - 08:40

      Responder

      Luma Kimura

  • Simara

    Eu naum gostei muito do filme, mais foi interessante, eu queria saber se alguém sabe o nome da ultima música tocada depois ki “acaba” o filme ki fik bem na hora d passar os créditos.Adorei a música e queria muito saber o nome dela

    07/03/2009 - 18:07

    Responder

  • Edson

    Gente deixa de ser tão exigentes, o filme não é tão ruim, sou fã da série e vcs tem que entender que por uma questao comercial o filme tem sempre que agradar tambem aos leigos e isso acaba engessando um pouco o roteiro. O nome da música no final do filme é BROKEN e a banda UNKLE.

    29/03/2009 - 03:11

    Responder

Deixe um comentário

  • Sinta-se à vontade para dar a sua opinião, seja para concordar ou para discordar, mas, por favor, baseie-se em argumentos e não em baixaria.
  • Comentários ofensivos, escritos em letras maiúsculas ou em miguxês, com excesso de erros, palavrões ou alheios ao conteúdo do post não serão publicados.
  • Todos os comentários são responsabilidade de seus respectivos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da autora do blog.