FotografiaProjetos Pessoais

101 Coisas: [✔] 96. Fazer o projeto #100happydays

Mais um item riscado na minha lista de 101 coisas e, até agora, o que me deu mais prazer em executar!

Pois é, minhas considerações ao final do projeto não fogem ao esperado. Não acredito que realmente funcione para todo mundo, mas para mim, o simples fato de prestar atenção nas pequenas alegrias do dia a dia faz diferença.

É óbvio que não dá para ser feliz todos os dias. Em alguns dias a tarefa parece mesmo impossível e insistir em encontrar alguma coisa que pareça boa em um dia ruim chega a soar patético, forçado, às vezes meio desesperado. Mas dá? Dá. Nem que seja para a gente rir das nossas próprias desgraças.

Mas sabem o que mais me surpreendeu no projeto?

Eu me dei conta de que o hábito de prestar atenção nessas pequenas coisas, de curtir a simplicidade do momento, descobrir tarefinhas que me dão prazer, registrar o que me faz feliz já era algo que eu costumava fazer mesmo que não tivesse muita consciência disso. Eu nunca me considerei uma pessoa otimista, dessas que levanta o astral dos que estão ao redor, inspira as pessoas ou está sempre satisfeita com o que tem, mas fiquei deliciosamente surpresa ao constatar o quanto o (que deveria ser um) desafio foi natural para mim.

Fazer os registros não foi difícil. Evitar que a sequência de fotos fique muito repetitiva é um desafio à parte no processo, mas também nos ajuda a identificar paixões e a frequência com que nos dedicamos a tudo aquilo que nos move. As postagens tiveram alguns tropeços, na maior parte das vezes por ter esquecido de publicar a foto, mas nada muito grave. O resultado? Extremamente positivo, com certeza. :D

Para quem tiver curiosidade, um slideshow com todas as fotos do meu projeto, todas tiradas com o celular e publicadas originalmente no meu Instagram:

(Se você estiver no leitor de feeds e não estiver vendo o slideshow, dá um pulinho no blog. ;) )

LivrosProjetos Pessoais

101 Coisas: [✔] 34. Ler 5 livros de novos autores brasileiros

Mais uma tarefa riscada!

Acrescentei este item à minha lista de 101 coisas para fazer uma espécie de “contrapeso” ao item 33 (onde me proponho a ler livros da famosa lista “1001 livros para ler antes de morrer” e que, em sua maior parte, é composta por grandes clássicos e títulos de impacto) e evitar que minhas leituras ficassem restritas a um padrão muito fechado.

No final das contas estas preocupações se revelaram infundadas, meus hábitos de leitura – que considero até bem variados – não sofreram alterações pelo simples fato de estar concentrada em um ou outra tarefa de leitura. Continuo fazendo o que sempre fiz: alternando entre gêneros/tipos/listas de acordo com a vontade e a disposição e ainda me sinto dentro do prazo para cumprir os itens.

De uma maneira ou de outra, garimpar novos talentos literários é algo que sempre gostei de fazer e desde que descobri que muitos desses novos autores costumam divulgar seus trabalhos na área de ebooks gratuitos da Amazon dar uma passadinha por lá tornou-se rotineiro para mim.

Li mais do que 5 livros de “novos autores” nesse período, mas para efeito de contagem (lembrando que os itens da lista de 101 coisas precisam ser mensuráveis), foram considerados estes:

Entre Surtos e Sussurros (Rafael Paukoski Fernandes)

Entre Surtos e Sussurros (Rafael Paukoski Fernandes)

O Observador (A. C. Ensá)

O Observador (A. C. Ensá)

O Submundo (Renan Bernardo)

O Submundo (Renan Bernardo)

Sonhar ao Sol (Angelo Rodrigues)

Sonhar ao Sol (Angelo Rodrigues)

Tributo ao Ridículo (Ivan Costa)

Tributo ao Ridículo (Ivan Costa)

FotografiaProjetos Pessoais

#100happydays – Dias 91 a 100

Desculpem-me estar sendo repetitiva, mas gente... é chuva! #100happydays #day91 [ Dia 91 – 04 Nov ]
Desculpem-me estar sendo repetitiva, mas gente… é chuva!

Porque aniversário tem que ter bolinho. #100happydays #day92  (Postando só agora porque a noite foi atribulada!) [ Dia 92 – 05 Nov ]
Porque aniversário tem que ter bolinho.

De quinta. Ainda tentando descobrir o quê tirar de bom desses dias em que a enxaqueca ataca forte. #100happydays #day93 [ Dia 93 – 06 Nov ]
De quinta. Ainda tentando descobrir o quê tirar de bom desses dias em que a enxaqueca ataca forte.

O aconchego da chuva e de um livro para dar por encerrada a semana difícil. #100happydays #day94 [ Dia 94 – 07 Nov ]
O aconchego da chuva e de um livro para dar por encerrada a semana difícil.

Bolo Sonho de Valsa, ainda comemorando o aniversário. #100happydays #day95 [ Dia 95 – 08 Nov ]
Bolo Sonho de Valsa, ainda comemorando o aniversário.

Encerrando um domingo que não saiu como planejado, mas foi tranquilo, rendeu um bom descanso e ótimas leituras. #100happydays #day96  (De ontem, porque eu me confundi toda com o timing das postagens.) [ Dia 96 – 09 Nov ]
Encerrando um domingo que não saiu como planejado, mas foi tranquilo, rendeu um bom descanso e ótimas leituras.

Aquele momento em que começo a ficar ansiosa para colocar em prática os projetos e desafios previstos para o próximo ano. #100happydays #day97 [ Dia 97 – 10 Nov ]
Aquele momento em que começo a ficar ansiosa para colocar em prática os projetos e desafios previstos para o próximo ano.

Reorganizando a coleção de imãs de geladeira para ver se consigo mais espaço. Preciso de um painel maior! #100happydays #day98 [ Dia 98 – 11 Nov ]
Reorganizando a coleção de imãs de geladeira para ver se consigo mais espaço. Preciso de um painel maior!

A visão rápida de um belo pôr do sol é o consolo quando os planos para a noite são frustrados. #100happydays #day99 [ Dia 99 – 12 Nov ]
A visão rápida de um belo pôr do sol é o consolo quando os planos para a noite são frustrados.

Último dia do #100happydays! Atrasei algumas postagens (embora as fotos tenham sido tiradas todos os dias), alguns dias foram realmente difíceis, mas estou feliz de ter persistido até o fim. Projeto finaliza, mas o hábito está enraizado, o foco nas pequen [ Dia 100 – 13 Nov ]
Último dia do #100happydays!

Não sabe do que se trata o desafio 100 Happy Days? Dá uma espiadinha aqui!

Livros

Amigo Secreto de Livros 2014

Amigo Secreto de Livros 2014

Queridos amigos amantes dos livros!

O ano já está terminando, ‘bora participar de mais um Amigo Secreto de Livros? :D

Quem pode participar?

Quaisquer interessados residentes no Brasil ou que vivam no exterior mas tenham um endereço de entrega aqui, que, claro, estejam realmente dispostos a enviar um dos livros desejados pelo amigo que sorteou e estejam cientes e concordem que seu nome poderá ser citado publicamente nas redes sociais no momento da “revelação”.

Como participar?

O sorteio será realizado através do site AmigoSecreto.com.br, no dia 1º de dezembro para que todos os participantes tenham tempo de adquirir, enviar e receber os presentes até o final do ano.

Para participar você pode:

  • Se cadastrar no site AmigoSecreto.com.br (ou acessar sua conta se já tiver cadastro), procurar pelo grupo “Amigo Secreto de Livros 2014” e clicar em “Entrar para o grupo”. Sua participação deverá ser aprovada por mim (a moderadora do grupo) – prometo verificar com frequência e fazer isso o mais rápido possível.

Ou:

  • Enviar uma mensagem para mim (pode ser por e-mail, inbox, SMS, comentário aqui no blog, o que preferir) com seu endereço de e-mail para que eu possa lhe enviar um convite para o grupo. Depois, é só seguir as instruções do e-mail convite recebido.

Quanto?

O valor do presente (que obviamente deverá ser um livro) deverá ser de até R$ 30,00, o que é bastante razoável para uma grande variedade de títulos que temos à disposição atualmente e, para manter as trocas justas, pedimos que sejam enviados somente livros novos. Não valem livros em formato eletrônico/ebooks.

Lembrando que farei o possível para garantir que ninguém seja prejudicado na brincadeira, mas o maior fiscal é a consciência de cada um.

Lista de Desejos

Uma vez aceito no grupo você deverá cadastrar livros que gostaria de ganhar na opção “Minha Lista de Desejos” no próprio site AmigoSecreto.com.br para facilitar a vida do seu amigo secreto. Coloque mais de uma opção para que seu amigo não tenha dificuldades em encontrar pelo menos uma delas. E, sempre vale o lembrete, sensatez é ouro. Não adianta listar opções como edições raras, de colecionador ou que estarão muito fora do valor estipulado.

Depois do sorteio

Envie uma mensagem anônima para a pessoa que você sorteou através do site AmigoSecreto.com.br solicitando o endereço dela e envie o livro assim que puder.

Caso prefira fazer a sua compra online, você pode economizar no frete pedindo para que a entrega seja feita diretamente no endereço de seu amigo. Lembre-se de solicitar que o envio seja feito como um presente e de incluir uma mensagem esclarecendo quem é você.

Caso prefira enviar o livro você mesmo pelos Correios e não tenha o hábito de fazer isso, fica a dica: existe uma opção chamada “Registro Módico” para livros, com custo bem mais reduzido do que o Sedex ou o PAC. Saiba mais aqui.

Recebi meu livro-presente, e agora?

Tenha uma ótima leitura! ;)

Posso postar uma foto do meu presente nas redes sociais assim que recebê-lo?

Claro! Como a brincadeira não comporta uma revelação tradicional é assim que acompanharemos o andamento.

Peço também que me mande uma foto do livro recebido, junto com a sua identificação e o da pessoa que enviou para que eu possa organizar uma “revelação virtual” e postar uma prestação de contas ao final da brincadeira.

Mais alguma coisa?

Quaisquer sugestões, dúvidas ou dificuldades não hesite em me procurar! ;)

Livros

Livro: A Imagem, de Joel G. Gomes

A Imagem (Joel G. Gomes)

Sinopse

Há seis anos que Lucas vive numa fuga constante devido a um segredo do seu passado. Quando chegou à vila da Moita julgou ter encontrado um sítio onde recomeçar a sua vida, mas em vez disso descobriu um novo nível para o seu pesadelo.

Alguém conhece o segredo de Lucas e está a usar isso como forma de obrigá-lo a ser cúmplice de crimes cada vez mais horrendos. Preso numa espiral de violência e dor, o pesadelo de Lucas parece destinado a não ter fim. Até ao dia em que se depara com uma estranha imagem que o força a olhar para si mesmo e enfrentar de vez o seu medo.

Começa então uma jornada de redenção e descoberta que o levará a encontrar segredos do seu passado que ele próprio desconhece. Forjando novas alianças, Lucas acredita estar à altura da ameaça que paira no horizonte, mas será ele capaz de fazer o sacrifício necessário para vencer?

Sete anos depois dos eventos de Um Cappuccino Vermelho, Joel G. Gomes apresenta A Imagem, o segundo volume da série INTERSECÇÃO. A Imagem desvenda o que aconteceu a Ricardo Neves e João Dias Martins. É uma nova história num universo já conhecido. Poderá parecer familiar, porém uma coisa se garante:

Nada se repete, tudo é novo.

Os fatos narrados em A Imagem se passam alguns anos após os acontecimentos de Um Cappuccino Vermelho e, embora uma nota do autor no início desta edição eletrônica esclareça que todas as referências necessárias aos acontecimentos do livro anterior sejam passadas ao leitor, recomendo fortemente a leitura do primeiro volume antes deste. Falo por mim, mas creio ser uma dica bastante válida, a “familiaridade” com o estilo e o ritmo do autor me ajudaram a manter o fio da meada durante a leitura d’A Imagem.

Sim, porque este livro é mais do que uma simples sequela, é uma evolução evidente na escrita de Joel G. Gomes. Uma redação mais apurada em uma narrativa caudalosa cuja trama enreda por altos níveis de complexidade. Uma história brilhante, mas difícil de acompanhar que talvez não agrade completamente a alguns leitores.

Em A Imagem tudo é “volumoso”. São muitas personagens de importância, muitas histórias – aparentemente – paralelas, muitas reviravoltas, muitos detalhes, muitos daqueles momentos “não é o que parecia ser”. Por vezes me peguei pensando que grande parte de todo esse “volume” parecia desnecessário, mas quando, enfim, terminei a leitura, percebi que funcionou bem e a própria avalanche de informações é um dos aspectos que a caracteriza e lhe dá personalidade.

Embora a leitura não tenha sido muito fluida – tive que reler diversos trechos incontáveis vezes – gostei bastante do resultado final. Aquela sensação de estar completamente envolvida em uma história que dá muitas e muitas voltas em si mesma durante a leitura e um desfecho que não deixa a desejar são sensações que aprecio bastante enquanto leitora.

Reitero o comentário que fiz na resenha d’Um Cappuccino Vermelho: este é um autor que vale a pena acompanhar de perto.

Imagem, A

Gomes, Joel G.

Capa: A Imagem

  • Série: Intersecção #2
  • Editora: edição do autor
  • Categorias: Literatura Estrangeira, Suspense, Escritores Portugueses
  • Site do autor: http://joelggomes.com/
  • Avaliação: ★★★★☆